Cansada de tudo que começa. Hoje eu queria alguma coisa que continuasse.

Cansada de tudo que começa. Hoje eu queria alguma coisa que continuasse.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Ultimas Palavras....


O meu amor é bem maior do que mágoa
O meu amor é bem maior que o teu perdão
O meu amor resiste as curvas e o vento
O meu amor te quer como recordação
Por isso é que eu não vou te arrancar a força
Não vou acreditar que você não amou
Não vou espalhar que você não presta
Não vou te condenar por que você me mancha
Eu vou silenciar a boca
Mas não vou calar meu coração
Não posso te odiar
Porque você não sabe
Os erros por amor já nascem com perdão
Você não percebeu quem sou
Não compreendeu insegurança é dor
Não caiu a ficha, eu errei por amor
Você não entendeu nada


2 comentários:

  1. Eu gosto da batida da musica, da voz da Patricia, não tinha de verdade prestado atenção na letra até ler ela aqui, eu acho que ando meio loira, mas um amor desse eu não ia de jeito nenhum querer de recordação, amor de homem burro, to fora, e que ainda mancha meu nome, enquanto calo sobre ele, se é que entendi nem pensar, sai de mim bicho ruim rss.

    beijos lindona.
    Final de semana com carinho no seu coração.

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você gostou do meu poema Mude! Porém, ao contrário do que você diz, não é de Clarice Lispector. Assim como você, muita gente supõe erradamente que esse poema é de Clarice.
    Mas não é.
    No meu blog publico todas as "provas" de que sou o autor:
    1. Registro do poema Mude na Biblioteca Nacional em agosto de 2003.
    2. Livro Mude, editado pela Pandabooks, com prefácio de Antonio Abujamra.
    3. CD Filtro Solar, Pedro Bial, onde na faixa 4 o Mude foi publicado (contrato que fiz com a Sony Music). Veja interpretação original de Simone Spoladore: http://www.youtube.com/watch_popup?v=AZSdGQ-MrXY&rel=0
    4. Veja também o vídeo Mude, completo, que foi comercial da Fiat: http://www.youtube.com/watch?v=-IwFkGLRKps
    Enfim, o que o escritor mais gosta é disso mesmo: ver sua obra reconhecida -- ainda que com autoria "transferida" para Clarice Lispector...
    Espero que, mesmo agora sabendo que não é de Clarice, você mantenha o texto em seu blog. E, se puder, corrija a autoria.
    Mude,
    Mas comece devagar,
    Porque a direção é mais importante que a velocidade.
    Veja o poema na íntegra em http://www.Mude.blogspot.com
    Abraços!
    http://Facebook.com/EdsonMarquesMude
    http://twitter.com/EdsonMarques
    www.EdsonMarques.com

    ResponderExcluir